Archive for setembro \30\UTC 2009

Qualquer coincidência é mera semelhança. 2.

30/09/2009

Ainda comparando salas de aulas de muito antes de ontem com as de hoje.

aula-idademedia_leg1A

Anúncios

Diálogos desejados. 1.

30/09/2009

O diálogo que eu gostaria de ter com Fernando Sarney, o “herdeiro e sucessor” do senhor feudal do Maranhão e do Senado.

dialogos003_fesarney

Qualquer coincidência é mera semelhança. 1

29/09/2009

aula-idademedia_leg2

Este é um dos cartoons iniciais da série “Qualquer coincidência é mera semelhança”.
A imagem é uma pintura que mostra uma aula de Laurentius de Voltolina, na segunda metade do século XIV, na Universidade de Bologna, onde tive a oportunidade de trabalhar em 1995.

Sonhos de um pré-twitteiro

28/09/2009

samuelmorse140

Samuel Morse, inventor do código que leva seu nome.

Escutas imaginárias de diálogos reais. 2.

28/09/2009

No Painel do Leitor, do jornal Folha de São Paulo de ontem, Renata Basso conta a história da filha e do ENEM. Ambas moram na cidade de São Paulo mas a garota, de acordo com a lista do Inep, deverá realizar o exame em São Sebastião, a quase 200 km de distância.
A leitora entrou em com o setor responsável do ENEM por informações. Segundo uma atendente, é possível que estudantes façam o exame em outro município, caso o número de inscritos na sua cidade seja excessivo.

dialogos002_enem

Escutas imaginárias de diálogos reais. 1.

28/09/2009

Pelos jornais fico sabendo que o nosso ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, entrou em contacto com o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, solicitando-lhe que evite manifestações de cunho político.
Nos jornais também fico sabendo que ainda assim o nosso hóspede em Tegulcigalpa – ou Tegucigolpe como diz o Zé Simão – faz da nossa [?] embaixada um palanque do qual conclama o povo à resistência e à desobediência civil.

dialogos001_zelayaO diálogo teria sido em espanhol. Tratamos de traduzir.
Dublagem: Esperto Richas.  🙂

Justificando o blog, como se preciso fosse

28/09/2009

Criei este blog para tornar públicas algumas tirinhas e cartoons que crio a partir de coisas sérias ou bizarras que encontro no cotidiano da Terra Brasilis ou com as quais possa relacionar fatos ou episódios da minha terra.

Os cartoons são montados em imagens, minhas próprias ou de terceiros.

Com criatividade ou sem, busco motivo para rir. Claro, rir é melhor do que chorar.

Pode ser que no futuro eu inclua aqui – dando motivo para rir a quem visita este blog – cartoons e tirinhas estrangeiras, devidamente legendadas. Assim poderá rir também aquele que não é muito afeto às línguas faladas para além de nossas enormes fronteiras e do nosso pré-sal.